NOVIDADES

Ópera O Diletante estreia dia 25 de setembro

Baseada na comédia de Martins Pena, a ópera é ambientada na Copacabana dos anos 50

1254040947821_f

O Diletante faz uma homenagem bem-humorada ao mundo e aos amantes da ópera. Mantendo a estrutura e o espírito do texto de Martins Pena, João Guilherme Ripper adaptou a peça para a Copacabana dos anos 50. O cenário é a sala do apartamento de Quintino, rico comerciante italiano, que alimenta uma paixão desmedida por La Traviata, de Verdi. A direção cênica é de José Henrique Moreira. André Cardoso dirige a Orquestra Sinfônica da UFRJ.

CRÉDITOS DA MONTAGEM
André Cardoso, diretor artístico e regente
José Henrique Moreira, diretor cênico
Marcelo Coutinho, diretor musical
Andréa Renck, coordenação de cenografia
Desiree Bastos, coordenação de figurino
Renato Machado, iluminação
Solistas e Coro da Escola de Música
Orquestra Sinfônica da UFRJ

RÉCITAS
25 de setembro, quinta-feira, 19h
26 de setembro, sexta-feira, 19h
27 de setembro, sábado, 17h
28 de setembro, domingo, 11h
Local: Salão Leopoldo Miguez, Escola de Música da UFRJ